Páginas

14 de dezembro de 2019

Ecos da evocação da Declaração Universal dos Direitos Humanos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e interiores
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e interiores
Ecos da evocação do Dia dos Direitos Humanos na biblioteca da ESAF.
Na 3.ª feira, 10 de Dezembro, em sessão de poesia, música e leitura de textos emblemáticos, evocámos os 71 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, aprovada pela ONU a 10 de dezembro de 1948.
Desta feita, para além de lembrarmos a importância dos direitos humanos e a sua incontornável defesa, em prol de uma sociedade mais humana e ciente de direitos e deveres que a cada um compete, tomou-se como referência três grandes figuras da luta contra o racismo e a opressão - Mahatma Gandhi, Martin Luther King e Nelson Mandela, tendo como fio condutor a inspiradora postura de reação pacífica à arbitrariedade da repressão.
Perante uma plateia constituída por alunos do 3.º Ciclo e do Ens. Secundário, alguns alunos e professores, colaboradores da biblioteca, leram textos sobre as marcantes vivências daqueles grandes homens, interpretaram um profundo, duro e belo poema de Jorge de Sena; um tema cantado a duas vozes; e ainda a apresentação de um texto inédito sobre direitos e deveres,  de Marisa Viana (aluna do 12.º ano), lido pela própria.
Foi singelo, mas profundamente cívico e sensibilizador, este momento de reflexão em torno dos Direitos Humanos, inescapáveis à afirmação de uma verdadeira Humanidade, aquela que quotidianamente fazemos por tentar.
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
A imagem pode conter: 3 pessoas, interiores
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas e interiores
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, sapatos e interiores

Sem comentários: