Páginas

14 de novembro de 2022

Leituras Centenárias (Celebração do Centenário de José Saramago)

Na próxima 4.ª feira, dia 16 de novembro, em que se assinala o centenário de José Saramago, alunos da ESAF vão participar na iniciativa nacional e internacional promovida pela Fundação José Saramago, lendo um trecho do "Memorial do Convento".
Ato contínuo, mais de uma dezena de alunos do 10° e 12° ano fará a leitura de seleção de textos saramaguianos, respigados em várias das suas obras.
A sessão de leitura performativa começará pelas 10h00, na sala de leitura da biblioteca da ESAF.
Já no que concerne aos alunos do 3° Ciclo da ESAF, assim como aos demais alunos de escolas do concelho de Barcelos, no âmbito das iniciativas concelhias de tributo a Saramago, vão ler a Lenda do Galo de Barcelos nas palavras do Nobel da Literatura, tal como constam no magnífico livro de viagem, "Viagem a Portugal".
Vamos todos ler Saramago!
[na foto: cartaz da autoria de Zeca Oliveira, prof.ª de Artes e colaboradora da BESAF]

Lançamento do Concurso: "O maior peixe do mundo" (com base no texto de Saramago - "O silêncio da Água"

Na manhã da passada 5.ª feira, 10/11, na sala de leitura da biblioteca da ESAF (escola sede do Agrupamento Alcaides de Faria), lançamento e abertura do concurso "100 Olhares Sobre o Maior Peixe do Mundo", que contou com a intervenção (por videoconferência) da escritora Violante Saramago Matos, presidente do júri que apreciará, em 2023, a qualidade dos trabalhos plásticos, textuais e multimédia, que vierem a ser propostos a concurso pelos alunos deste Agrupamento. E esperamos que sejam muitos.
A apresentação do concurso às três turmas que estiveram a assistir, esteve a cargo da educadora Isabel Loureiro, principal mentora deste certame. Numa sessão animada mas que contou com a atenta audição dos presentes, passou-se a mensagem de que valerá a pena aos alunos de todos os níveis de ensino do Agrupamento, participarem neste concurso, demonstrando não apenas envolvimento, mas também dando azo à criatividade em torno da figura do peixe personagem do texto de José Saramago - "O Silêncio da Água".
Com o repto lançado, há também a oportunidade de (re)ler Saramago num registo infantojuvenil (extraído do seu livro de pendor memorialístico: "As Pequenas Memórias"), e, ato contínuo, perceber como o nosso Nobel da Literatura transfigura uma experiência de infância (a pesca (?) de um barbo na foz do Almonda), em algo de cunho mais universal.
E foi nesta linha que Violante, na intervenção que fez, apelou com vivacidade aos jovens que a escutavam que é preciso ler e ir de encontro às palavras do autor. Relê-lo se for necessário, e, dessa experiência leitora, recriar sentidos por via do desenho, da pintura, do texto, da imagem e do som, conforme o meio expressivo adotado pelos jovens artistas.
Por isso, aqui fica o desafio para que tu, criança ou jovem que frequentas o Agrupamento Alcaides de Faria, te abalances na aventura de mostrares um outro olhar, entre tantos possíveis, sobre aquele peixe que foi possibilidade no profundo silêncio das águas.


Exposição: "Voltar aos passos que foram dados" patente na Biblioteca da ESAF


Voltar aos passos que foram dados
 - eis a magnífica exposição, com a chancela da Fundação José Saramago, comemorativa do centenário do nascimento do nosso prémio Nobel da Literatura - José Saramago, que a comunidade da ES Alcaides de  Faria (e envolvente) pode observar e apreciar no espaço da sua biblioteca escolar.
A exposição, com a graciosa autorização e disponibilização digital, da parte da Fundação José Saramago, à ESAF, que conta com seleção e composição de textos a cargo de Carlos Reis e Fernanda Costa, e design de André Letria, leva-nos numa "viagem pela biografia literária de José Saramago".
Fazendo jus ao propósito da FJS, pretende-se, para além da "divulgação e orientação pedagógica" subjacente, permitir ao visitante um "contacto de iniciação ou de revisão com a literatura e com o pensamento saramaguianos".
Gratos à FJS, estamos convictos de que a comunidade educativa do Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria não deixará de aproveitar esta oportunidade para visitar e seguir o percurso literário desta grande figura da literatura portuguesa (e mundial) contemporânea.
#centenariosaramago #josesaramago #rbe #PNL2027 

"Saramago em Barcelos" - celebração do Centenário de José Saramago (14 a 19.Nov)

Designa-se "Saramago em Barcelos" e é o mote para uma semana (14 a 19.Nov) preenchida de iniciativas em torno da celebração do Centenário de José Saramago.
Os eventos evocativos do Nobel da Literatura (1998) decorrem em vários espaços do concelho, das bibliotecas escolares à Biblioteca Municipal de Barcelos, sem esquecer o seu centro histórico, por onde Saramago passou nos idos de 1979 e verteu em palavras as impressões de viagem, convocando memórias e lendas, como a do Galo.
O cartaz evocativo na imagem é o cartaz concelhio, emitido pelos serviços municipais.
A semana de celebração Saramaguiana contará com o envolvimento de bibliotecas escolares e de um grande número de alunos implicados nas diferentes atividades, leituras de textos de Saramago, leituras centenárias, "Recital Saramaguiano", entre outras.
[crédito da imagem: Município de Barcelos]
#Saramago100 #centenariosaramago




29 de outubro de 2022

Parabéns, Escola Secundária Alcaides de Faria!

A Escola Secundária Alcaides de Faria está de parabéns! Celebra hoje 65 anos de história.
Tudo começou em outubro de 1957, com a implementação, em Barcelos, da denominada Escola Industrial e Comercial. E por isso, não podíamos deixar de lembrar e evocar as seis décadas e meia da vida de uma instituição educativa a que esta biblioteca pertence.
Completam-se hoje precisamente 65 anos (29.out.1957), numa 3a feira outonal e solar (dizem as crónicas), sobre a inauguração da Escola Industrial e Comercial de Barcelos (EICB). Instituição de ensino que está indelevelmente ligada e inscrita na "certidão de nascimento" daquela que é hoje designada por Escola Secundária Alcaides de Faria (ESAF). Num outro local, é certo (confluência das avenidas D. Nuno Álvares Pereira e Av. João Duarte), sendo que as instalações de origem são as que hoje albergam o Museu de Olaria de Barcelos.
A antiga EIC de Barcelos, cuja criação oficial está exarada no Decreto n.º 41 258 do Diário do Governo, 1.ª Série, de 10 de Setembro de 1957, foi inaugurada pelas autoridades locais naquele dia 29 de outubro de 1957, tendo como convidado de honra governamental o Subsecretário de Estado da Educação Baltazar Rebelo de Sousa (pai do atual Presidente da República Portuguesa).
Passaram-se décadas, formaram-se gerações de jovens, homens e mulheres, e hoje, a atual ESAF (sede do Agrupamento Alcaides de Faria), na atual localização desde 1975 (quando adotou a designação de Escola Secundária de Arcozelo), mantém no seu projeto e oferta educativos a marca genética daquela que foi a sua origem, basta atentar em alguns dos seus cursos ou no conjunto de oficinas de mecânica e eletrónica.
~~~
Evocar esta data não é apenas relembrar o dia, mas também lançar um olhar sobre décadas de história desta instituição, evocar os milhares de alunos que por esta escola passaram e cresceram e que dela guardam gratas memórias, mas também as centenas de professores e pessoal não docente que para ela contribuíram.
E porque somos feitos de memórias que consubstanciam a nossa identidade:
Felicitações, Escola Secundária Alcaides de Faria!
Uma escola da qual todos os que por cá passaram podem dizer que é sua. Aqui cresceram um pouco, aqui experienciaram momentos para a vida, aqui se formaram.

~~~
[texto do Coordenador da Biblioteca Escolar da ESAF, já utilizado em teor pelo próprio noutros meios de divulgação da biblioteca que coordena, mas bebendo alguns factos numa fonte informativa relevante, como é o caso da obra comemorativa do cinquentenário da escola, editada em 2007, da autoria do colega professor e investigador local: Fernando Miranda. Livro que pode ser consultado na Biblioteca da ESAF]

13 de outubro de 2022

Partilha de experiências e ideias por Marisa Viana... projetos Erasmus+

Na tarde de ontem (12/10), na sala de leitura da biblioteca da ESAF e no quadro das iniciativas do Erasmus Days @euroesafclub, Marisa Viana, que já foi aluna da ESAF e agora cursa Física na Universidade do Porto, veio partilhar, com alunos do Ens. Secundário, ideias e experiências no âmbito dos projetos Erasmus.
Foi uma sessão animada e que envolveu a participação da audiência.
#erasmus #erasmusplus #erasmusdays

Na apresentação do livro "Sonhos, pesadelos e eu"...

Na manhã de ontem (12/10), na sala de leitura da BESAF, Zeza Monteiro apresentou o livro "Sonhos, pesadelos e eu"; um texto intimista, experiencial, ora duro ora luminoso, capaz de sensibilizar e mobilizar as nossas forças face aos desafios da vida e do crescimento.
Para além da apresentação do livro, houve momentos de interação com o público, intervenções marcantes e deveras pungentes.
Esta conversa com a autora e a apresentação deste seu primeiro livro, pessoal e intimista, em primeiríssima mão, enquadrou-se no âmbito da ação do Clube Ubuntu, numa parceria com a biblioteca da escola.






10 de outubro de 2022

Apresentação do livro: "Sonhos, pesadelos e eu"

É já depois de amanhã, próxima quarta-feira, 12.Out.22 que, pelas 10h00, na biblioteca escolar da ESAF, será tempo para ouvir e conversar com Zeza Monteiro, que cá vem apresentar o livro, de sua autoria, "Sonhos, pesadelos e eu".
O encontro/apresentação acontece no âmbito das ações do Clube Ubuntu no Agrupamento, inspiradas em valores de interdependência e solidariedade, do "eu sou porque tu és".
Nas palavras da autora, em síntese à obra a apresentar, vai-se falar de:
"Pesadelos que podemos transformar em sonhos.
Sonhos que comandam a vida.
Uma história leve, baseada em factos.
Uma prova de poder interno em cada um de vocês.
Com exemplos de vida pesados, duros, mas com uma reviravolta maravilhosa.
Um testemunho de mim para vocês.
Uma manifestação de amor coletivo.
Evolução, revolução, amor."
Fica o convite à comunidade escolar da ESAF.

Outubro também é rosa...


Onda Rosa 2022

... tempo de sensibilização e alerta para a prevenção do cancro da mama.
Na segunda quinzena deste mês assinalam-se duas datas, dois momentos importantes para a sensibilização à problemática do cancro da mama: a 15 evoca-se o Dia Mundial da Saúde da Mama; e a 30 o Dia Nacional da Luta contra o Cancro da Mama.
O objetivo é, desde logo, suscitar na comunidade escolar e envolvente uma chamada de atenção para um problema que atinge um grande número mulheres (mas também homens); suscitar junto dos jovens e adultos a busca de informação sobre meios de prevenção, porque é de fomentar aquilo que puder ser feito e depender de atitudes e comportamentos de vida saudável.
Já afixamos no mural da biblioteca da escola o nosso cartaz alusivo à iniciativa "Onda Rosa" que aqui se dá a mostrar.
[O trabalho gráfico, da autoria de Maria José Oliveira, professora de Artes]

4 de outubro de 2022

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares 2022 na BESAF

Outubro: mês internacional das bibliotecas escolares.
Anualmente, por esta altura, as bibliotecas escolares, por via das suas equipas, dos professores colaboradores e assistentes de biblioteca, dos alunos e outros elementos da comunidade educativa, dinamizam iniciativas que convocam, de forma expressiva, o papel e o valor destas estruturas de literacia, educação, cidadania e cultura.
A Conferência IASL (International Association of School Librarianship) 2022 propôs como tema deste ano: "Ler para a Paz e Harmonia Globais" e é sem perder de vista tal desiderato que pautaremos as nossas ações de promoção de leitura, apoio ao currículo, formação de utilizadores/leitores, disseminação de sugestões bibliográficas, dinamização cultural, entre outras.
E também, como nestes longos anos que fazem a nossa identidade, publicitamos uma vez mais o nosso cartaz alusivo.
Desde 2007 que, ano após ano, criamos um cartaz original e com um toque da nossa imagem. O deste ano aí está! Graficamente criativo e com uma mensagem inescapável.
Conscientes de que a semântica mais genuína do conceito de Paz deve escapar à profusão das interpretações e pontos de vista, deixemos que o seu sentido mais lídimo prevaleça. Por isso, ler, decifrar e compreender o mundo importa. As bibliotecas também têm uma palavra a dizer, contando convosco, com a comunidade.
[A autoria do cartaz é de Maria José Oliveira, prof.ª de Artes e membro da equipa da Biblioteca da ES Alcaides de Faria]

15 de setembro de 2022

Guia Básico do Utilizador da Biblioteca da ESAF (2022)

Para ti que és aluno da ES Alcaides de Faria e queres tirar partido dos recursos, serviços e outras valências da tua biblioteca escolar, aqui fica o guia básico do utilizador/leitor. Estamos convictos de que muitas das tuas dúvidas sobre como navegares presencialmente neste espaço de literacias terão aqui resposta, mas também sabemos que outras surgirão, face às quais cá estaremos para esclarecer.
Visita e tira partido dos nossos recursos e serviços!
És sempre bem-vindo(a).

Receção aos alunos do 7.º e 10.º ano

Por hoje, as boas-vindas aos novos alunos na escola; e para breve a formação de utlizadores: à descoberta da biblioteca, dos seus recursos e serviços, ou de como tirar partido dos bens educativos e culturais que uma biblioteca pode oferecer.
Bem-vindos à BESAF.
Aqui estamos.

Recomeçar...

Recomeçar...
Bom ano letivo!
Muitas e significativas aprendizagens.
Muitas e boas leituras, com e na tua biblioteca escolar.
Amanhã, serão muitos os alunos de 7° e 10° (acompanhados por pais e encarregados de educação) que vêm conhecer uma nova escola, os seus espaços e as suas valências.
Quando dobrarem a porta de acesso à biblioteca terão, como é nosso hábito, não apenas os votos de boas-vindas, as primeiras informações sobre este serviço e de como dele tirarem partido, mas também a possibilidade de apreciarem, logo à entrada, uma criativa instalação sobre o mundo da biblioteca e daqueles que quotidianamente fazem por tornar este espaço de literacias um espaço de acolhimento.

8 de setembro de 2022

Dia Internacional da Literacia 2022

(Fonte: UNESCO)
Assinala-se hoje (08.set.) o Dia Internacional da Literacia
Promover a literacia nas suas variadas modalidades é um dos mais valiosos desideratos das bibliotecas, sejam elas públicas, municipais ou escolares. O ADN destas estruturas democráticas e inclusivas assenta no fomento da literacia, que é condição de cidadania e, consequentemente, pilar da democracia. Parafraseando Mandela, a propósito da educação, e, no mesmo ato, recordando Paulo Freire, estamos certos de que a literacia transforma as pessoas e estas transformam o mundo. 
/ besaf 
#internationalliteracyday #diainternacionaldaliteracia #literacia #literacy #library