Páginas

1 de dezembro de 2018

Evocar e celebrar os Direitos Humanos

[cartaz original de Maria J. Oliveira]
Dentro de dias celebraremos os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos
A 10 de dezembro de 1948, num tempo ainda marcado pelas feridas abertas de uma guerra mundial mortífera e de atrocidades inomináveis, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamava uma carta fundamental para afirmação dos direitos inalienáveis e indissolúveis do ser humano. Um marco histórico, um documento incontornável que, infelizmente, continuamos a não ver concretizado em tantos locais do nosso planeta. 
Importa pois informar, ler, refletir sobre o alcance desta carta de princípios. Ao nosso modo, também por cá, no seio da comunidade escolar e com a comunidade escolar, pretenderemos sensibilizar para a nobreza daqueles princípios, cientes dos deveres que convocam. 

Sem comentários: