Páginas

17 de abril de 2018

Cartaz alusivo à evocação de Abril de 1974


Aproxima-se a evocação e celebração do 25 de Abril de 1974, esse "dia inicial inteiro e limpo / onde emergimos da noite e do silêncio" (nas luminosas palavras de Sophia de Mello Breyner Andresen).
Há mais de uma década que, ano após ano, também revisitamos por cá (BESAF) esse marco incontornável da história recente de Portugal. Revisitamos lembrando-o com a as palavras, a poesia, as canções, a música e também os cartazes. Eis o deste ano.
Na linha de anteriores cartazes, e já lá vão vários, da autoria de amigos colaboradores da biblioteca E.S. Alcaides de Faria, é novamente com gosto e gratidão que aqui partilhamos o cartaz de 2018. Desta feita, a ilustração, da autoria da professora Maria José Oliveira, amiga e colaboradora da biblioteca da ESAF, convoca iconografia ligada à revolução de Abril, desde logo o cravo, mas também o voo das aves, por contraponto às grades que amordaçam, como que signos aludindo à conquista da liberdade e da expressão sem amarras.

Sem comentários: