Páginas

17 de maio de 2017

Do figurado de Rosa Ramalho - um recurso documental

Ontem, na sala de leitura da biblioteca da ESAF (em palestra proferida pelo Bibliotecário Municipal - Victor Pinho), falou-se de duas importantes figuras da região de Barcelos, conhecidas cá e além fronteiras, pela marca que deixaram. Falou-se de D. António Barroso, no domínio da religião, da igreja e da missionação; e de Rosa Barbosa Lopes, natural de S. Martinho de Galegos, mais conhecida por Rosa Ramalho, a oleira, mulher do povo, influenciada pela tradição religiosa e festiva, lendas e histórias da ruralidade, que transfigurou em fantástico figurado, interpelante e sui generis, qual "iconografia rural e doméstica" (como designou Rocha Peixoto na obra Etnografia Portuguesa), vivências do quotidiano, das mais comezinhas às experiências oníricas e do sagrado.
Cientes de que os alunos e professores, que assistiram à sessão que reportamos ontem, quer por gosto e curiosidade, quer por vontade de conhecer mais, poderão desejar pesquisar sobre a temática, aqui divulgamos um recurso que faz parte do nosso acervo e, por conseguinte, acessível aos leitores / utilizadores desta biblioteca escolar.

Título: Rosa Ramalho: a colecção
Autores: Alexandre A. Costa e Isabel M. Fernandes
Editor: Museu de Olaria | Município de Barcelos
N.º págs.: 203 (ilustrado)
Ano de publicação: 2007
Categoria: Catálogo


Sem comentários: