Páginas

12 de dezembro de 2012

Declaração Universal dos Direitos do Homem

...ecos de uma evocação.
No dia 10 de dezembro, assinalamos mais um aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Há 64 anos, corria o dia 10 de dezembro de 1948, a Assembleia Geral das Nações Unidas aprovava um documento que não é apenas uma carta onde se plasmam os princípios fundamentais do "ser humano", num mundo marcado tantas vezes pela desumanidade, mas também uma conquista civilizacional que urge proteger, lembrando e reiterando a necessidade de ser respeitada em todo o mundo. Assim, à voz de tantos outros que, em redor e mundo fora, lembraram a Declaração Universal dos Direitos Humanos, fizemos também eco da importância de manter vivos os seus princípios. Como tem sido prática, a Biblioteca Escolar da ESAF associou-se uma vez mais a esta celebração, tendo solicitado a professores e alunos colaboração na produção de materiais alusivos aos Direitos Humanos. Desse modo se construíram Tsurus - origamis alusivos à Paz e uma árvore dos direitos humanos, materiais expostos na sala de leitura da biblioteca, onde consta também um documento com os 30 artigos da DUDH e um mural ilustrativo de cada um deles, obra de alunos e professores que com a equipa da BE colaboraram. Na tarde do dia 10, alunos da nossa escola fizeram uma largada de balões, 30 balões, cada um com a inscrição de um artigo da D.U.D.H. e, em conjunto com alunos e professores de outras escolas de Barcelos, participámos também num encontro público de defesa e vigília dos Direitos Humanos, que contou com a presença da contadora de histórias Victória Triães e a articulação do SABE_Barcelos.

Sem comentários: