Páginas

31 de outubro de 2010

A República da Poesia

Em tempo de exposição, aqui na BE, sobre a temática da implantação da 1.ª República - Letras e cores, ideias e autores da República - nada melhor que ouvir dizer/interpretar poesia de autores dos finais do séc. XIX e da primeira metade do séc. XX, que de algum modo se cruzaram com esse momento histórico. Assim aconteceu - Razão Pública - na manhã de 4.ª feira, dia 27/10. Armindo Cerqueira, actor e "diseur", proporcionou um vívido momento de poesia, perante uma audiência de mais de 60 alunos que, durante mais de uma hora, seguiram as palavras de poetas como  Guerra Junqueiro, Mário de Sá Carneiro, Fernando Pessoa, Eugénio de Castro, Florbela Espanca, entre outros autores da nossa Língua.

Sem comentários: