Páginas

27 de março de 2010

E neste dia mundial do Teatro...

um poema de Herberto Helder

O actor acende a boca. Depois os cabelos.
Finge as suas caras nas poças interiores.

continua a ler aqui

..........................................

...e também um recurso interessante que implica tesoura e cola, uma oferta que podemos buscar aqui.

Sem comentários: