Páginas

23 de abril de 2008

25 de Abril - Sons de Liberdade

2º Dia - Terça-feira, 21.Abril.08 | 21:30
Ontem, entre músicas de intervenção e palavras de poetas como Sophia de Mello Breyner Andresen, Manuel Alegre, Ary dos Santos, José Afonso, entre outros... soaram canções de Abril, sentiram-se os ecos e o perfume de Abril em Liberdade. E tudo isto por alunos, jovens alunos, nascidos depois de Abril de 74, cujas vozes ressoaram as tonalidades da Liberdade. Tão alegres, tão vivos, tão espontaneamente envolvidos pelos sons e as palavras dessa aurora da democracia em Portugal.

Antes da Grândola Vila Morena, houve tempo para a audição de um poema inédito de José Manuel Veiga, cantado e musicado pelo próprio com o acompanhamento dos alunos/músicos: Bruno Costa, Tiago Rosendo e Tiago Silva. Uma nota especial para os alunos do 11ºU tanto pelos poemas ditos como pela envolvência que conseguiram criar. Eis o poema de J.M.Veiga a celebrar Abril em Liberdade:

AQUELA VOZ (no silêncio)

Eu ouvi na madrugada
a voz vinda do silêncio
que soava a
liberdade
num país feito
tormento

Nem quisera
acreditar no
que aquela voz
dizia
nesse Abril
a abrir em
par
a nossa nova
alegria

Abril é mês
de início de
um novo mundo
que deve conter
de vez
a felicidade
bem fundo.

Sem comentários: