Páginas

9 de dezembro de 2019

Evocar a Declaração Universal dos Direitos Humanos

Um cartaz para pensar e refletir...
Direitos Humanos: a incessante tarefa em busca da dignidade da Pessoa, um fim em si mesma, nunca um meio.
Amanhã, 10 de dezembro, cumprem-se 71 anos da aprovação da Declaração Universal dos Direitos Humanos pela Organização Mundial das Nações Unidas.
Lembrar a Declaração deve também ser um momento de atenção reflexiva e crítica ao que se passa no mundo atual, e honrar os seus princípios passa por lançar um olhar crítico às incongruências da ação, constatando como é longo o caminho a percorrer. Desde logo porque essa carta de princípios põe a descoberto o tanto que é preciso fazer.
É sob tal perspetiva que se orienta o cartaz que a biblioteca da ESAF põe à vossa consideração este ano.
[concepção do cartaz: Maria J. Oliveira, prof. de Artes na ESAF]

Sem comentários: