Páginas

10 de maio de 2016

Manual para a educação sobre Direitos Humanos


Sensibilizar para os direitos humanos não pode, nem deve ficar-se apenas por evocações de efemérides ou celebrações de dias importantes (não obstante a importância e impacte destas iniciativas juntos dos jovens, em prol de uma cidadania ativa). Importa fazer da literacia para a cidadania uma tarefa de todos e de todos os dias e, quando se propicia e nos disponibilizam recursos didático-pedagógicos, partilhar a informação junto das comunidades.

Vem isto a propósito da disponibilização, recente, de uma manual para a educação sobre direitos humanos, cuja origem está num livro (a que está ligada Kerry Kennedy - presidente da Robert F. Kennedy Human Rights), com 51 exemplos de coragem. 
Eis um excerto das primeiras páginas e a partilha da hiperligação para download.
---
“Diz a Verdade ao Poder” é uma iniciativa global que parte das experiências de corajosos defensores dos direitos humanos em todo o mundo para educar alunos, e outras pessoas em geral, sobre os direitos humanos, apelando à sua ação neste domínio. Os temas abordados vão desde a escravatura e o ativismo ambiental à auto-determinação religiosa, passando pela participação política, entre outros. “Diz a Verdade ao Poder” começou por ser um livro escrito por Kerry Kennedy (e desde então traduzido para seis línguas), tendo sido adaptado a uma produção dramática por Ariel Dorfman. Os retratos dos defensores dos direitos humanos apresentados no livro, da autoria do fotógrafo Eddie Adams (vencedor do Prémio Pullitzer), foram incluídos numa exposição patente em mais de vinte e cinco cidades dos EUA , após ter estreado na Galeria de Arte Corcoran, em Washington, D.C. Já foi apresentada em quatro continentes. O programa curricular “Diz a Verdade ao Poder” está acessível e foi distribuído a milhões de alunos em África, na Ásia, na Europa e na América do Norte
(…)
Nestes textos encontrará um mundo de coragem e esperança, onde os alunos podem aprender sobre os princípios da justiça social e de que forma eles estão ancorados no direito nacional e internacional. Para além dos elementos teóricos, os alunos têm agora ao seu dispor um instrumento que fomenta a ação, para que também eles possam criar mudanças na sala de aula, nas suas comunidades, nos seus países e no mundo que partilhamos. O nosso objetivo é que todos os alunos possam usar este material para abandonar o papel de simples observadores passivos; para que, ao invés, se juntem aos heróis da atualidade como defensores dos direitos humanos.”
Kerry Kennedy (Presidente da Robert F. Kennedy Human Rights) – in Diz a verdade ao Poder

Hiperligação para download do Manual

Sem comentários: