Páginas

2 de outubro de 2015

Exposição itinerante - "O Património - Dar um futuro ao Passado" >> 5 a 9 de Outubro na BESAF

[Cartaz com base na capa do livro/catálogo da exposição / dir. Santillana]
A biblioteca escolar da ES/3 Alcaides de Faria, espaço de literacias, tem em exposição, na sala de leitura, quinze painéis (profusamente ilustrados e com imprescindíveis anotações textuais) alusivos ao multifacetado mundo do património cultural, material e imaterial
Intitulada "O Património - Dar um futuro ao Passado", a exposição itinerante, que temos o grato prazer de receber e poder partilhar com professores, alunos e demais elementos da comunidade escolar/educativa, é um excelente motivo para, pessoalmente e também com os seus alunos, poder potenciar as virtualidades da designada Educação Patrimonial e, por essa via, mostrar quão importante é descobrir, preservar e divulgar a memória (tangível e intangível) daquilo que enforma a nossa identidade e amplia o nosso futuro comum.
Esta é uma exposição que, pela sua abrangência e amplitude, não diz apenas respeito aos alunos das disciplinas de História, Geografia, Português, História da Arte, Integração, Ciências da Natureza... mas a todos os âmbitos da nossa ação educativa.
Ciente de que não vai deixar de apreciar e retirar informação valiosa desta exposição, que decorre nas instalações da biblioteca escolar da ESAF de 5 a 9 de outubro, contamos com a sua visita a esta mostra informativa (que teve como curador José Amado Mendes, Professor Catedrático da Universidade de Coimbra, e promotores principais a Santillana e a Fundação Manuel António da Mota).
Os diferentes painéis dão-nos uma panorâmica interessante das múltiplas dimensões do património cultural. 
Assim, no âmbito do:
Património material, temos a ver - o Arqueológico; o Arquitectónico e da Construção; o Artístico; o Científico e Tecnológico; o Documental e Bibliográfico; as Energias; o Industrial e Mineiro; o Natural; o dos Transportes e Comunicações e o Agrícola.
Património imaterial, temos a ver - o da Língua e Literatura; o da Música; o da Gastronomia e os das Danças, Festas e Rituais.
Para quem desejar mais informação sobre a exposição não só pode consultar, no local, o catálogo da exposição, uma monografia de 72 páginas (da autoria de José Amado Mendes); como, via net, aceder ao site da Santillana aqui.

Sem comentários: