Páginas

4 de outubro de 2007

Sputnik

O facto de ser possível postar esta mensagem hoje, 50 anos depois do lançamento do primeiro satélite artificial da Terra, é devedor desse passo (ao qual se seguiriam tantos mais e mais se seguirão) dado nesse 4 de Outubro de 1957.
Quantos satélites entram em acção para dar seguimento a acções tão triviais como...
- Só um momento... vou atender o telemóvel!

O poeta brasileiro Roberto Pontes escreveu, há muito, aladas palavras sobre o que nesse dia aconteceu:

Hoje eclodiu a chama
o oriente cavalga o cosmos
seu cavalo sputnik
vai sem chouto
a 7 mil km por segundo
rompe a barra magnética
o cinto atmosférico
abre a cortina do espectro
e proclama nova era.

(Roberto Pontes, Teletipo 1957, p.82)

1 comentário:

Aluno disse...

50 anos depois do lançamento do primeiro satélite natural da Terra e curiosamente 50 anos depois da inauguraçao da nossa querida escola. Parabens ESAF!